terça-feira, 10 de dezembro de 2013

PROPOSTA DE CONSTRUÇÃO DO TERMINAL DE INTEGRAÇÃO DE MANGABEIRA PELO TREVO MANGABEIRA POR DENTRO (PELO CAIC)

(PELO CAIC)



JÁ QUE O VIADUTO DE MANGABEIRA, DEFINITIVAMENTE (JÁ LICITADO E ASSINADO A ORDEM DE SERVIÇO) VAI SER CONSTRUÍDO PELO GIRADOURO JOSEFA TAVEIRA – CEHAP...



SUGERE-SE FINALMENTE QUE SE FAÇA O TERMINAL DE INTEGRAÇÃO DE MANGABEIRA PELO GIRADOURO DE MANGABEIRA POR DENTRO “CAIC”



SENDO ASSIM, NO SENTIDO MANGABEIRA – BANCÁRIOS... TODO TRÁFICO DE ÔNIBUS E VEÍCULOS TRAFEGARIA PELA RUA RODOLFO BENTTENMÜLLER EM DIREÇÃO A RUA FRANCISCO TIMÓTEO DE SOUSA, FAZENDO UMA ELEVATÓRIA (VIADUTO) ENTRE AS RUAS ADOLPHO FERREIRA SOARES FILHO E RUA JOÃO B. C. MOURA.



FAZENDO UM VIÁRIO ELEVATÓRIO(VIADUTO) DA RUA RODOLFO BENTTEMÜLLER, CRUZANDO POR CIMA A RUA FRANCISCO TIMÓTEO DE SOUSA


NO SENTIDO DA RUA LUIZ A. CONSERVA EM DIREÇÃO ÁS TRÊS RUAS



E NO SENTIDO BANCÁRIOS – MANGABEIRA... INICIA NAS TRÊS RUAS PELA RUA GUTEMBERG MORAIS PAIVA... FAZENDO BIFURCAÇÃO (GIRADOURO) COM A RUA EMPRESÁRIO JOÃO RODRIGUES ALVES PROSSEGUINDO NA RUA JOSÉ C. DE NÓBREGA



... ATÉ O BAIRRO ANATÓLIA CONVERGINDO COM O VIÁRIO ELEVATÓRIO - SENTINDO MANGABEIRA PELA RUA AURÉLIO M. ALBUQUERQUE ATÉ O GIRADOURO MANGABEIRA POR DENTRO EM FRENTE AO CAIC








EM SUMA,  SE CONCLUI QUE EXECUTANDO ESSA PROPOSTA ORA SUPRACITADA ACIMA (PROPOSTA DE CONSTRUÇÃO DO TERMINAL DE INTEGRAÇÃO DE MANGABEIRA PELO TREVO MANGABEIRA POR DENTRO - PELO CAIC)... VIBIALISARÁ DEFINITIVAMENTE TODA TRAFEGABILIDADE ENTRE ZONA SUL E ZONA NORTE DA NOSSA QUERIDA CAPITAL...
     (http://www.youtube.com/watch?v=NrUHZSnkagM) 
O PONTO MAIS ORIENTAL DAS AMÉRICAS... E UMA DAS CAPITAIS MAIS VERDES DO MUNDO...



PROPOSTA ESTA ELABORADA POR
PEDRO SEVERINO DE SOUSA
CLAUDEMIR LOPES DA SILVA

JOÃO PESSOA(PB ), 10 DE DEZEMBRO DE 2013

domingo, 1 de dezembro de 2013

HISTÓRIA E HISTORINHAS Participação direta na 2ª Guerra mundial.


HISTÓRIA E HISTORINHAS
Participação direta na 2ª Guerra mundial.

Adivinhe quem forneceu, sem saber, o urânio para as bombas atômicas de Nagasaki e Hiroshima.

Deu no jornal que a Paraíba possui uma jazida de doze mil toneladas de urânio, no município de São José de Espinharas, a duas léguas (12 km) da cidade de Patos. Possui mais. Na cidade de Pocinhos, a igreja Matriz guarda, debaixo da nave, uma jazida de urânio. A província da qual faz parte São José de Espinharas vai longe Seridó adentro.

Durante a Segunda Guerra Mundial, mesmo antes de o Brasil entrar na dança, os EUA já vinha buscar ‘sheelita’ no Proeminente Nordestino. O Rio Grande do Norte fornecia em abundância; mas, os americanos levaram também a shelita de Santa Luzia do Seridó (hoje Santa Luzia do Sabugi ou Terrinha) paraibano. Mais tarde se descobriu que a shelita de Santa Luzia não era só shelita. O gringo, calado, levou urânio para preparar duas bombinhas e acabar de vez com um dos aliados do chamado eixo do mal (Eixo do mal, Alemanha, Itália e Japão).

Em agosto do próximo ano, meu bom sacristão da terrina, no dia oito de agosto, coloque, entre as intenções da Missa, as almas nipônicas de Nagasaki e Hiroshima. São duas paróquias longe daqui, onde mataram o povo de manhãzinha. O sucesso se deu com a pólvora da terrinha.
Você sabia disso?
Fonte: Blog do Harlley





Em Suma, um exemplo de tudo isto abordado acima, é que foi constatado que as águas do o Açude de Itans(81.750.000  )em Caicó-RN.
 Certamente, este referido Açude Itans, está com suas águas contaminadas (contaminação radioativa natural nas águas pela a existência de urânio)...E por atividades de mineração nesta área da região  Seridó, e alto teor de salinidade. Um exemplo, palpável disto, que o abastecimento humano, através da Caern- Companhia de Águas e Esgotos - Governo do Estado do Rio Grande do Norte. Vem  fazendo o abastecimento de Caicó-RN, desde do Rio Piancó-Piranhas-Açu. Localizado no Município de Jardim de Piranhas-RN, Distante a 30,6km de Caicó-RN.

Caicó - RN
27 min


30,6 km
CAICÓ-RN

Mesmo assim, Caicó, Serra Negra,  Jardim de Piranhas, Jucurutu no Rio Grande do Norte...E São Bento(das redes) na Paraíba...Que ficam localizados a ‘Jusante de São José de Espinharas...Pelo visto, supõem –se que estão sendo abastecidas pelas  aguas do Piancó-Piranhas-Açu contaminadas ?  Por  Contaminação radioativa natural nas águas?... A partir de São José de Espinharas-PB. Pelo visto, só em São José de Espinharas-PB:


                    

Repito, possui uma jazida de doze mil toneladas de urânio...

Urânio pode 'expulsar' famílias de cidade no Sertão

 O resto, é só conclusão de cada um de nós.


Do Escritor Pedro Severino de Sousa
Do  livro: Água A Essência da Vida.
João Pessoa( PB), 01 de Dezembro de 2013.




quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Cássio, Cícero e Vital unem força para evitar ‘tragédia’ por falta d’água em Boqueirão(Epitácio Pessoa)




                                         Prof. da UFCG(Janiro Costa Rêgo)
  relembra momentos de racionamento no Açude Epitácio Pessoa
                                               http://t.co/qAKWWMMXht


Fala do Deputado Estadual Francisco de Assis Quintans no

Debate sobre a gestão do Açude Epitácio Pessoa e o abastecimento de água em Campina Grande


FALA DA PROMOTORA DO MINISTÉRIO PUBLICA-PB, ADRIANA AMORIM DE LACERDA
Promotora de Justiça do MPPB fala da preocupação sobre a ausência de gestão do açude Epitácio Pessoa
http://www.senado.gov.br/noticias/tv/default.asp?IND_ACESSO=S&cod_midia=308209&cod_video=307466



Dir. da ANA(Vicente Andreu) diz que defende a politica de retomada de abastecimento de água
http://www.senado.gov.br/noticias/tv/default.asp?IND_ACESSO=S&cod_midia=308208&cod_video=307447


Cássio, Cícero e Vital unem força para evitar ‘tragédia’ por falta d’água


Senadores levaram a Brasília situação preocupante de reservatórios no Estado

É grave a situação de Boqueirão. E medidas urgentes são fundamentais para que aquele açude não entre em colapso e deixe 1 milhão de pessoas com sede no estado da Paraíba. Esta é, em síntese, a conclusão a que chegaram os participantes da audiência pública requerida pelos três senadores Cássio Cunha Lima e Cícero Lucena (ambos PSDB) e Vital do Rêgo Filho (PMDB), ocorrida na Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR), na manhã desta quarta-feira (27).

O açude Epitácio Pessoa, mais conhecido como Boqueirão, é responsável pelo abastecimento de Campina Grande e outros 19 municípios paraibanos como e foi construído pelo Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs) na década de 1950. Atualmente atende mais de um milhão de pessoas. O último transbordamento do manancial foi registrado em 2011, de acordo com a Agência Nacional de Águas (ANA).



Senadores temem por colapso caso não chova nos próximos meses (foto: divulgação)

BAIXO NÍVEL - Segundo a Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (AESA), que monitora os níveis do reservatório, o volume atual é de 163.143.287 m³ de água, ou seja, 39,6% da capacidade total, que é 411.686.287 m³. O baixo nível persiste, mesmo após o Boqueirão ter recebido aproximadamente dois milhões de m³ de água, algo equivalente a sete centímetros de sua lâmina, provenientes das chuvas caídas na região.

De acordo com os expositores presentes, o açude do Boqueirão está com 39,6% do seu volume e chegará a seu volume morto, ou seja, ao volume indisponível para captação de água, se não chover, em janeiro de 2015. Em outras palavras, a situação do semiárido nunca foi tão grave, devido à rigorosa seca e à má gestão dos recursos hídricos. Senadores e convidados ressaltaram a importância da transposição do rio São Francisco, que dará segurança hídrica a todo o semiárido nordestino. SECA - Segundo o diretor-presidente da Agência Nacional de Águas, Vicente Andreu Guillo, estima-se que a seca atual é a pior entre 30 e 50 anos no semiárido nordestino. Ele afirmou ainda que o registro de precipitação é o pior nos últimos cem anos. Para Guillo, outra causa da situação alarmante que vive a região é o fato de o país ter um nível de reservação de água muito pequeno. - O Brasil tem, de maneira geral, uma grande fragilidade em termos de reservação hídrica. Nós estamos defendendo a retomada de uma política de construção de grandes reservatórios neste país – afirmou o diretor da ANA. O presidente da ANA explicou ainda que o nível de reservação de água na Paraíba está em torno de 30% e grande parte desse volume se deve ao açude do Boqueirão. “Se nós retirarmos desses 30% o reservatório de Boqueirão, que está próximo de 40% e tem um grande volume, a média da Paraíba baixaria drasticamente” – afirmou.

“E SE?” - O senador Cássio Cunha Lima não floreou e foi direto ao ponto: exigiu que a ANA tome uma atitude emergencial para o caso de não chover nos próximos meses. “São necessários planos de contingência, para que possamos estar preparados para o pior. E se não chover, o que faremos? Não podemos deixar chegar janeiro, não podemos é deixar chegar o colapso completo para depois decidir o que será feito – afirmou Cássio, indignado. 

Cássio lembrou que participou de debates, na Paraíba, sobre o problema do açude, sobretudo na coordenação do trabalho “muito dedicado e inteligente do deputado Assis Quintans, em nome da Assembleia Legislativa do estado”. De fato, Quintans é um parlamentar cuja atuação é fortemente comprometida com a questão de convivência com a seca. O senador paraibano também ressaltou que a atuação do presidente da Federação das Indústrias, Buega Gadelha, e a preocupação constante da prefeitura de Campina Grande, representada, na audiência, pelo secretário e vereador Tovar Correia Lima. Coremas – Mãe D`Água e Engenheiro Ávidos – Cássio lembrou ainda que “não podemos nos esquecer de outro Boqueirão, que é Engenheiro Ávidos, que abastece a cidade de Cajazeiras, e da própria situação do Açude Coremas. 

Todos eles são mananciais federais e que, portanto, dependem da gestão da Agência Nacional de Águas”. O problema é que, além da seca, os problemas enfrentados por cerca de um milhão de pessoas que vivem nos municípios dependentes dos açudes também são causados pelo desperdício de água, má gestão e presença de irrigantes que usam a água do açude sem outorga para tal e sem fiscalização. 

O presidente da ANA disse que a agência está fazendo um acordo com os irrigantes para diminuir a captação de água e desenvolvendo um trabalho em parceria com a Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa), o Departamento Nacional de Obras contra a Seca (Dnocs), o Ministério Público e a Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) para melhorar a gestão da água. MÁ GESTÃO .

De acordo com o professor da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), Janiro Costa Rêgo, o principal problema causador da falta de água no açude é a má gestão. Ele explicou que, segundo a Lei de Águas (Lei 9433/1997), as bacias hidrográficas interestaduais e os reservatórios de águas federais devem ser geridos pela União, ou seja, pela ANA. Por sua vez, as bacias hidrográficas estaduais, devem ser geridas pelo estado. No entanto, o açude do Boqueirão, embora seja um reservatório de águas federais, faz parte de uma bacia hidrográfica estadual, que é a Bacia Hidrográfica do rio Paraíba. - Isso leva a uma complicação na gestão – afirmou o professor, que sugeriu uma delegação da gestão do açude à Aesa. 

O presidente da Aesa, João Vicente Machado Sobrinho, ressaltou o trabalho que tem sido feito em parceria com a ANA, que, segundo ele, está praticamente “morando” na Paraíba. Ele se comprometeu em continuar fazendo as reuniões periódicas, permanentemente, com a agência nacional para monitorar a gestão da água no estado. - Chova ou não chova, nós vamos continuar com essas reuniões periódicas permanentemente, com a frequência de dois, três meses, analisando o que se está fazendo, verificando como se está gerindo – comprometeu-se Sobrinho. 

TRANSPOSIÇÃO – Unanimidade durante a audiência pública, as obras da transposição do rio São Francisco foram lembradas como de importância estratégica para a convivência com a seca no Nordeste brasileiro. O presidente da Federação das Indústrias da Paraíba, Buega Gadelha, foi ao ponto: “Sem a transposição do rio São Francisco, a Paraíba não tem futuro”. Mas a calamidade total pode acontecer antes, se não houver chuva ou solução para o esvaziamento do açude Epitácio Pessoa. Por isto, a CDR apresentou requerimento para a realização de uma reunião com representantes do governo da Paraíba, na sede da Agência Nacional de Águas (ANA), a fim de buscar uma solução de emergência para a situação de falta de abastecimento de água enfrentada por vários municípios do sertão paraibano. O requerimento foi aprovado logo após a audiência pública. Agora é aguardar os próximos capítulos.


Assessoria de Cássio Cunha Lima

domingo, 27 de outubro de 2013

SITUAÇÃO DO SISTEMA COREMAS-MÃE D´ÁGUA ( 25 DE OUTUBRO DE 2013)


SITUAÇÃO DO SISTEMA COREMAS-MÃE D´ÁGUA
                  ( 25 DE OUTUBRO DE 2013)

ÚLTIMAS INFORMAÇÕES RECEBIDAS SOBRE OS VOLUMES DOS 121 RESERVATÓRIOS D'ÁGUA DA PARAÍBA MONITORADOS PELA AESA

Município
Açude
Capacidade Máxima (m3)
Volume Atual (m3)
% Volume Total
Data
Coremas
Coremas
720.000.000
235.000.000
32,6
25/10/2013
Coremas
Mãe dÁgua
638.700.000
206.340.000
32,3
25/10/2013



QUEM TE VIU...
QUEM TE VÊ...
É TRISTE...

E MESMO ASSIM, PELO VISTO  ACIMA, RELATO ABAIXO:

POR QUE A CIDADE DE JUCURUTU/RN...
JÁ ESTÁ SENDO ABASTECIDA ATRAVÉS DE CARRO PIPA.


Imagens do Rio  Piancó no município de Jardim de Piranhas (RN)
Se prevalecer do ‘Marco Regulatório Piancó/Piranhas/Açu, de 2007 que estabelece a liberação da vazão de 1 m³/s do reservatório de Coremas para o Rio Grande do Norte...Pois, ao meu ver, é quase inexeqüível, até porque, no transcorrer de desses últimos anos de 2012 e 2013...Anos de “Secas”severas nuca vista neste ‘Novo Milênio’...E se tirar Água do Sistema Coremas/Mãe D Água, que já se encontra a ‘Beira de um Colapso Hídrico...Justificando de que não falte água para o consumo humano, como já está acontecendo em Jucurutu/RN... Não “Passa” de se “Justificar o Injustificável”...Ou melhor, o município da Cidade de Jucurutu/RN, fica literalmente dentro da Bacia Hidráulica da Barragem Armando Ribeiro Gonçalves, conhecido popularmente pelo o açude de Açu. Que foi inaugurado ainda no Governo Militar João Batista Figueiredo no ano de 1983...Ou seja, a 30 anos atrás...E ainda Jucurutu/RN, seu Abastecimento humano, ser ainda abastecida com as Águas oriunda de Coremas.



Em suma, sabe-se que o Sistema Coremas/Mãe D Água, estar contido dentro de uma Bacia Hidrográfica Federal... Entretanto, não podes se conceber, que o manancial como o de Coremas...Por se encontrar num estado de ‘Stress Hídrico’...Pelo “Estado” que se encontra, só estar podendo atender, as necessidades básicas do Estado da Paraíba, a “Priori” de consumo humano, dessedentação animal...E alguns projetos singelos de irrigação para alimentar a “Agricultura Familiar”, existentes entre Cajazeirinhas/PB e São Bento/PB...E por não Falar dos Projetos da Várzea de Sousa...Afora suprir no abastecimento humano de toda a região das Espinharas e do Vale do Sabugi...E como também, toda a Microrregião de Catolé do Rocha...E por não dizer, até mesmo a Cidade de Caicó/RN. Pois, se sabe que a Cidade de Caicó, possui uma adutora que é captada no Rio Piranhas, ou melhor, no Rio Piancó...Debaixo da Ponte no município da Cidade de Jardim de Piranhas/RN...Aonde separa a Paraíba do Rio Grande do Norte.


Do Escritor
Pedro Severino de Sousa
João Pessoa(PB), 08 de Outubro de 2013

  
ENTRETANTO, VEJA O POTENCIAL QUE O SISTEMA COREMAS-MÃE D´ÁGUA POSSUI... TODAVIA,  NÃO É EXPLORADO, OU SEJA, NÃO É APLICADO PARA  O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL DE COREMAS:

COREMAS-PB... CIDADE SUSTENTÁVEL

PROPOSTAS DE PEDRO SEVERINO...


Pedro Severino de Sousa é Escritor do livro: A Essência da Vida, Bacharel em Administração de Empresas – UFPB, Campus II, Campina Grande (1980 a 1984). Cursou Pós-graduação Lato Sensu em Especialização em Gestão em Recursos Hídricos pela Triparceria UFSC-UFAL-FUNIBER (2005 a 2006).
Contato: Celular: (83)96657984
E-mail: pedroseverino.faustino@gmail.com



 PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL...
           DE COREMAS.
                       (CIDADE SUSTENTÁVEL)


CONVENÇÃO:
   Conceitos e exemplos nos anexos.

                                 
   
                                                         SUMÁRIO:

10(DEZ)PROJETOS PARA O MUNICIPIO DE COREMAS, CIDADE SUASTENTAVEL.
ENTRE ELES:

10.1- PROJETO MERIDIANO 38...PROJETO ESTE QUE SE ENCONTRA AQUIVADO NO MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL DO BRASIL.


10.2- PROJETO DE PISCICULTURA “EXTENSIVA”OU ARTESANAL, COMO ERA FEITO OUTRORA... PELO DNOCS... PARA O SISTEMA CUREMAS/MÃE D`ÁGUA...(CONTEMPLANDO OS MUNICIPIOS DE EMAS, OLHO D`´AGUA, PIANCÓ, IGARACY E AGUIAR, QUE FICAM NO ENTORNO DESTE REFERIDO MANANCIAL DE COREMAS)...ENSEJANDO... O AÇUDE DE COREMAS...COMO “

POLO INDUSTRIAL PESQUEIRO DO ESTADO DA PARAÍBA.


10.3- PROJETO DE ESPORTES AQUÁTICOS... E PASSEIOS NÁUTICOS.

10.4- CAMINHA DE AVENTURA ECOLÓGICA ENTRE AS SERRAS DOS BOQUEIRÕES DE COREMAS/MÃE D ÁGUA.

10.5 – INCLUIR COREMAS...NO GUIA TURÍSTICO DA PBTUR.

10.6- FAZER TELEFÉRICO DO ALTO DA SERRA DA CAPELINHA ATÉ O BAR DO PEIXE...CRUZANDO TODO ESPELHO DÁGUA DA PAREDE DO AÇUDE DE COREMAS.

11- REIVINDICAR UMA DAS “ENTRADAS”...DO PROJETO DE INTEGRAÇÃO DO SÃO FRANCISCO(PISF)...PELO VALE DO PIANCÓ

12- RETOMAR O “PLANO DAS ÁGUAS”...DO GOVERNO MARANHÃO (I)... ATÉ MESMO... CONVERGINDO COM O PROJETO CANAÃ...DO ENTÃO, GOVERNO WILSON BRAGA...DENTRO DO VALE DO PIANCÓ...TENDO COM “CARRO CHEFE”... COREMAS/MÃE D`AGUA...


PEDRO SEVERINO DE SOUSA
MEMBRO DA COMISSÃO DO TURISMO RURAL FAEPA/SENAR-PB
JOÃO PESSOA(PB), 30.08.2009


FONTE: BLOG TURISMO RURAL NA PARAIBA


AGORA ENTRETANTO AINDA COREMAS OSTENTA, O ÍNDICE DE DESENVOLVIMENTO HUMANO DE (IDH):0,592...CONSIDERADO DE BAIXO DESENVOLVIMENTO HUMANO...E QUE OSTENTA A 4.331 POSIÇÃO NO BRASIL...CONSIDERADO RELATIVAMENTE, COMO UM DOS MENORES IDH(INDÍCE DE DESENVOLVIMENTO HUMANO) DO BRASIL, NORDESTE, E POR NÃO DIZER DA PARAIBA...AONDE JÁ FOMOS ENTRE AS DÉCADAS DE 40 E 50... A ITAIPU DA ÉPOCA. SÓ PERDENDO ESTA PATENTE...DEPOIS DA CONSTRUÇÃO DE ORÓS-CE. NO INÍCIO DA DÉCADA DE 60.

ACREDITO, ENTRETANTO, SÓ NÃO ESTAMOS (POIS, SOU COREMENSE NATO)...NUM POSIÇÃO BEM INFERIOR NO “RANKING NACIONAL” DO (IDH)...POR QUE AINDA DETEMOS O DNOCS, CHESF...E O MAIOR COMPLEXO HÍDRICO DO ESTADO DA PARAÍBA O SISTEMA COREMAS-MÃE DÁGUA). E AINDA DETEMOS AINDA UMA CONSIDERÁVEL PRODUÇÃO DE PESCADO. QUE ATÉ A DÉCADA DE 80...A PRODUÇÃO DE PESCADO EM COREMAS...ERA MAIOR... ATÉ DO QUE DO LITORAL DA PARAÍBA.

ACREDITO TAMBÉM, QUE A BAIXA LONGEVIDADE DOS COREMENSES... DECORRE PRINCIPALMENTE, DA FALTA DE TRATAMENTO DE ÁGUA DE BEBER PARA SUA POPULAÇÃO, OU SEJA, DE UMA COMPANHIA DE ÁGUA E ESGOTO, COMO POR EXEMPLO, A CAGEPA...POIS, SE SABE, QUE O INDICES DE CERTIDÃO DE ÓBITO EM COREMAS...É ALARMANTE...DECORRENTE DAS DOENÇAS DE VEÍCULAÇÃO DA POLUIÇÃO HÍDRICA.


NO ENSEJO, ASSISTA PT03 COREMAS... TERRA DAS ÁGUAS.

E TIRE AS SUAS DEVIDAS CONCLUSÕES. DO ESCRITOR DO LIVRO: ÁGUA A ESSÊNCIA DA VIDA

JOÃO PESSOA(PB), 27.10.2013

terça-feira, 1 de outubro de 2013

PROPOSTA DE CONSTRUÇÃO DO VIADUTO E TERMINAL DE INTEGRAÇÃO DE MANGABEIRA PELO TREVO MANGABEIRA POR DENTRO

PROPOSTA DE SE CONSTRUIR O VIADUTO E TERMINAL DE INTEGRAÇÃO DE MANGABEIRA, PELO O GIRADOURO DE MANGABEIRA POR DENTRO.



IMAGEM AÉREA MOSTRANDO O GIRADOURO CEHAP-JOSEFA TAVEIRA... E O GIRADOURO DE MANGABEIRA POR DENTRO... ONDE SE PROPÕE CONSTRUIR TANTO O TERMINAL DE INTEGRAÇÃO E O VIADUTO DE MANGABEIRA


 O GIRADOURO DE MANGABEIRA POR DENTRO ONDE SE MOSTRA QUE EXISTE UMA ÁREA DISPONÍVEL PARA A CONSTRUÇÃO DE AMBAS AS OBRAS (TERMINAL DE INTEGRAÇÃO E O VIADUTO DE MANGABEIRA)
  


 ACESSO DA JOSEFA TAVEIRA PARA O VIADUTO DE MANGABEIRA POR DENTRO
  


GIRADOURO DE ACESSO DE MANGABEIRA POR DENTRO


 ACESSO DE MANGABEIRA POR DENTRO PARA O FUTURO VIADUTO E TERMINAL DE INTEGRAÇÃO... QUE SE VÊ NITIDAMENTE QUE O TERRENO DO GIRADOURO POR DENTRO QUE SE ENCAIXA PERFEITAMENTE A CONSTRUÇÃO DO VIADUTO DE MANGABEIRA... POIS SUA TOPOGRAFIA MOSTRA UM DESNIVEL EM TORNO DE 5(CINCO) METROS DE DESNIVEL TOPOGRAFICO... SE ENCAIXANDO DENTRO PROJETO EXECUTIVO DESTE VIADUTO


ACESSO DO JOSÉ AMÉRICO PARA BANCÁRIOS/JOSEFA TAVEIRA/ESTRADA DA PENHA E ÁREAS ADJACENTES


 IMAGEM DO TERRENO MOSTRANDO O CAIC ONDE MOSTRA NOVAMENTE O DESNÍVEL TOPOGRÁFICO E ÁREA DISPONÍVEL PARA EXECUÇÃO DAS DUAS OBRAS (TERMINAL DE INTEGRAÇÃO E VIADUTO DE MANGABEIRA)


 PROPOSTA DO BINÁRIO MANGABEIRA POR DENTRO AS TRÊS RUAS NO BANCÁRIOS INTERLIGANDO AO CONTORNO DA UFPB


ACESSO PARA AS TRÊS RUAS VINDO DO BINÁRIO MANGABEIRA POR DENTRO


 CRUZAMENTO PARA O ACESSO AS TRÊS RUAS VINDO DO BINÁRIO MANGABEIRA POR DENTRO... INTERLIGANDO AO CONTORNO DA UFPB


CHEGANDO AO ACESSO AS TRÊS RUAS VINDAS DO BINÁRIO MANGABEIRA POR DENTRO... INTERLIGANDO O CONTORNO DA UFPB


INTERLIGAÇÃO VINDA DESDE MANGABEIRA / JOSÉ AMERICO / VALENTINA / GEISEL INTERLIGANDO AO MIRAMAR / AVENIDA EPITACIO PESSOA E DEMAIS BAIRROS COMO CABO BRANCO / BESSA E INTERMARES


EM SÍNTESE É BOM DESTACAR QUE AS CONSTRUÇÕES DO VIADUTO E TERMINAL DE INTEGRAÇÃO DE MANGABEIRA (POR DENTRO - CAIC)...  CERTAMENTE VAI HAVER UMA MELHOR EFICIÊNCIA NO ESCOAMENTO DE TODO TRÁFICO VINDO DOS BAIRROS POPULOSOS COMO MANGABEIRA, VALENTINA DO SETOR SUL INTERLIGANDO AOS BAIRROS DO SETOR NORTE COMO CABO BRANCO, TAMBAÚ, BESSA, INTERMARES E POR NÃO DIZER VAI MELHORAR EFICIENTEMENTE TODO O TRÁFICO ORIUNDO VINDO DO RECIFE, NATAL, (A BR-101)... CAMPINA GRANDE E TODO INTERIOR DA PARAÍBA (A BR-230) E DOS ESTADOS CIRCUNVIZINHOS.



AUTORIA:
PROPOSTA ESSA ESCRITA E ELABORADA POR:
PEDRO SEVERINO DE SOUSA

E COAUTORIA:
 CLAUDEMIR LOPES DA SILVA


JOÃO PESSOA, PARAÍBA - 01 DE OUTUBRO DE 2013